Translate

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Óleo




A saudade veio.
Entrou e se instalou
espalhando-se por todo o ambiente.
Por onde olho percebo reminiscências
de um passado recente

Sinto seu toque ainda quente
deslizando em minha pele cálida
com sensações fluentes.

Ainda sinto seu cheiro,
em mim o manjar de nossa coita
transparece o elo
de nosso anelo

como óleo balsâmico
escorre suavemente
penetrando no ser
em ondas bem quentes.

A saudade mostra
que a ti pertenço
em pensamento
e em todos os momentos.









18 comentários:

  1. Um poema encantador...Adorei:))

    Hoje:-Sinto, que de saudades, estou morrendo...{Poetizando e Rncantando}

    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta - Feira.

    ResponderExcluir
  2. Poema escrito com versos de doce sedução. Gostei muito

    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Oi querida,
    Você escreve o que sentimos quando estamos no auge da sedução. É bom e gostoso.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lua!
      Procuro expressar o que sinto.
      Obrigada.

      Beijos.

      Excluir
  4. Sedução inebriante.
    Gostei muito de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Poema muito sedutor, profundo e ... caliente
    .
    Abraço de amizade

    ResponderExcluir
  6. O enlevo do Amor no cântico das palavras . Um belo poema J C Gomes !
    Bji

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, sempre um prazer recebê-la.
      Obrigada pelas palavras.

      Excluir
  7. Sensual, sentido e belo poema.
    Obrigado pela sua visita e presença no meu cantinho, também já estou aqui seguindo com muito prazer.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito de seu cantinho, sempre que puder estarei por lá divagando.

      Beijos.

      Excluir
  8. A saudade, sendo inevitável, deve ser bem gerida (e algumas vezes digerida...).
    O seu poema é magnífico, parabéns pela inspiração.
    Querida amiga, um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Jaime, ela está sempre presente, seja boa ou ruim, nós é que precisamos gerenciá-la bem.

      Bom fim de semana.

      Excluir
  9. Pleno de sensualidade e saudade o poema nos envolve numa leitura prazerosa
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que delícia de comentário, Gracita!
      Obrigada.

      Beijos.

      Excluir