segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Labirinto interior

















E em meio ao Universo
ao mundo
as pessoas
aos entes
ao Eu,
me perdi.
Em um labirinto a vida se tornou.
Não me pergunte
quando, onde, como e por que aconteceu.
O que eu sei é que aconteceu.

Neste labirinto estou pedido,
onde se quer tenho forças para respirar ou
ânimo para prosseguir.
Não sei mais o sentido das coisas,
da vida e do Ser.

A natureza encanta com sua beleza
àqueles que a veem sem a confusão
de uma mente que já viu o abismo.
Mas em mim já não há mais cor.
Meu interior está vazio, enegrecido.
Talvez pela perda da essência da vida e
dos sentimentos outrora vividos ou
simplesmente por eu ter visto o abismo no momento em que ele me olhava.
Estou perdido.

J. C. Gomes




Um comentário:

  1. I've missed you... this is thought provoking and deep the way you always write from your heart ♡

    ResponderExcluir

*Imagens: Google