domingo, 23 de março de 2014

Insaciável.



A música ao fundo principia o desejo
bailando sensualmente
busco sutilmente seu olhar
balbucios
sussurros
gemidos
tudo em trejeitos
feitos suavemente
para evitar deslizes.

Instigo-te!

Movimentos sinuosos 
sensualizados com os olhos
olhos de menina,
olhos de mulher,
olhos de felina,
Meus olhos!
Adiante uma cadeira
que de sobremaneira 
auxilia às insinuações
que faço e incuto, afinal

Instigo-te!

Botão por botão 
olho no olho
saia descendo
olho no olho
eu me molhando
você se babando
olho no olho
mas sem toques
a não ser beijos entre um movimento e outro
 bailando com o ritmo da música.

Instigo-te!

De costas retiro o que resta
dou a cartada final 
para o movimento fatal
E de repente, vejo-me em você
cavalgando e deliciando
o ser que instiguei.

Jorro-te em gozo
em gozo me jorra...

Não sou eu ou você ou nós,
somos um terceiro ser 
fusão do eu em você
do você em mim.

E a música continua a instigar,
porém em outro ritmo
para não olvidar
mas marcar a atmosfera 
que se eterniza
em meu insaciável e voluptuoso reminar.




Reeditado - 09/06/2012

3 comentários:

  1. Sexy and beautiful... sensual and tantalizing Jaqueline <3

    ResponderExcluir
  2. Intensa sensualidade, uma passo em cada verso, uma dança completa no poema.

    Meu abraço!

    ResponderExcluir
  3. E realmente instiga com tanta sensualidade.

    Beijão!

    ResponderExcluir

*Imagens: Google