quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Folha








Em uma tarde linda
a brisa que toca minha pele
traz a certeza de que você se foi para não mais voltar.

Nossos momentos foram bons
deliciosos enquanto o nosso juntos durou
mas você se foi para não mais voltar.

O que eu temia aconteceu
meu coração está dilacerado
mas você se foi para não mais voltar.

Resisti tanto ao sentimento de entrega
receosa de uma decepção inevitável
que mesmo assim você se foi para não mais voltar.

Constato mais uma vez,
que amar e ser amada não faz parte de minha história.
O amor se foi para nunca mais voltar.

Do que me adianta ser magnífica entre lençóis,
dançar sensualmente,
enlouquecer os sentidos,
instigar os olhares,
aguçar o desejo,
se não desperto o amor?

Sou uma linda folha,
a bailar com o vento,
em suas curvas sinuosas,
seu aroma envolvente,
desprendida da árvore,
esperando repouso eterno.

Sou simplesmente só.
Sou simplesmente eu.

Reeditado.





6 comentários:

  1. I have been feeling lately that I must be meant to be alone... what a sad thought Jaqueline... such a lovely wistful poem... sad and profound...

    ResponderExcluir
  2. Olá...JCGomes
    puxa, que triste....
    sim... leva um tempo danado, mas passa... Às vezes ficamos anestesiados... e deixa uma marca profunda. Pode se passar o tempo falando com as paredes, dependurado no travesseiro , na cama ou tentando papos com “amigos” invisíveis pela internet... é um tempo difícil, o de se trabalhar uma decepção .O amor que tentamos com todas as forças e modos, fazer com que aprendessem , sentissem, vivenciassem e ,lógico,compartilhassem.Pois o amor é uma via de mãodupla. Amar e ser amada. Sim, a cicatriz está aberta. Mas tá na hora de começar a cicatrizá-la e não prolongar mais a dor, a tristeza, reconhecendo seu verdadeiro mundo. O mundo para qual não estavam preparados. Admitamos que a escolha errada foi nossa. Não souberam amar. Nosso papel nós cumprimos. Agora, é se libertar , tendo a certeza de que fará o desamor sumir e fazer essa cicatriz sarar...juntar os cacos que sobrou e recomeçar um novo "eu"...
    agradeço pelo carinho, obrigado, ...saiba que terás sempre minha amizade e carinho, estarei lá, aqui ou acolá, boa tarde e noite de sexta feira, beijos...

    ResponderExcluir
  3. Versos tristes,porém digno de uma reflexão profunda sobre o convívio mediano e as vezes raso que temos com outros seres andantes...!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. nossa versos tristes, mas não deixa de ser lindo
    Amei o blog, é lindo e super legal
    Beijos !

    Visita ? bgdeuvontade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. No ser amado es una simple desventura. La verdadera desgracia es no saber amar.
    El amor depara dos máximas adversidades de opuesto signo: amar a quien no nos ama y ser amados por quien no podemos amar.
    Como dijo Alfonsina Storni:
    No tienes tú la culpa si en tus manos mi amor se deshojó como una rosa: Vendrá la primavera y habrá flores... el tronco seco dará nuevas hojas.
    ¡¡¡Obrigado por tu Bello Comentario en mi Poesía; Jaquelline. Yo sé que siempre estás ahí!!!
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Lindos versos,mais muito triste!!
    Quem sabe um dia ela volta...
    Bom dia.

    ResponderExcluir

*Imagens: Google