sábado, 30 de março de 2013

Feriado

Derreto o chocolate em minha boca
lambuzo você com minha língua,
sentindo sua saliva em meus seios entumescidos
banhados de cacau meio amargo,
sugando em quimeras
toda escultura voluptuosa
amando, desejando e possuindo
em reciprocidade nossa verdade
do momento
com pleno afago no feriado achocolatado.









segunda-feira, 25 de março de 2013

Coração Partido




Você arrancou um pedaço do meu eu
sinto a dor do coração partido
mas não fique iludido
o que você tirou foi a idealização
que minha mente por alguma razão
transformou em paixão
nada que o tempo não cure,
nada que uma nova ilusão não apague
afinal, você não era nem de perto o que meu desejo sonhava ter
quebrava um galho esporádico na solidão da noite,
alimentava uma ideia inexistente
mas insistente em existir: ter alguém.
Ter alguém por ter já dói,
imagine redescobrir-se só mesmo acompanhada?
(acompanhada por uma idealidade não pela realidade)
É como se nunca tivesse existido,
é um vazio, um vácuo, um nada!
O coração partido dói!
Mesmo que por um alguém que nunca existiu,
fingiu, mentiu, fugiu, mas...
nada que o tempo não cure
nada que uma nova ilusão não apague.






sábado, 23 de março de 2013

Gotas







Enquanto a Lua nos iluminava e
os grilos orquestrados exaltavam nossa presença,
nosso amor esvaia de nossos cálidos corpos entrelaçados
e escorria pelo vidro
gotejando nosso oceano de prazer
jorrando quimeras
em avidez sussurrante
de um momento delirante
pela realidade acabado
mas pelo desejo eternizado.







quinta-feira, 21 de março de 2013

Escrever





"Escrevo para sentir-me viva, pois diante da realidade do dia-a-dia esqueço-me disso".






segunda-feira, 18 de março de 2013

Um Ano de Deliciosa Ilusão



'No cotidiano, às vezes, nem percebemos a vida passar!
Acordamos já pensativos no roteiro do dia e não paramos para refletir no Sol que está lá,
independente do obstáculo das nuvens.
Se for um dia chuvoso, então,
pensamos que o dia está desagradável aos olhos,
sem brilho, deprimente!
E esquecemos que o desenrolar da vida depende de como acordamos,
do modo em que vamos encarar os obstáculos e chegarmos ao final desse dia completos,
realizados por termos vencido com sentimentos agradáveis as ocorrências desse dia,
com a gratidão por estarmos vivos.
Seria muito bom chegarmos ao final de todos os dias dessa forma!'

Foi expressando-me dessa forma que há exatamente 1(um) ano estreei no mundo da blogosfera. 
Resolvi postar os sentimentos que dilaceravam meu interior de forma que exteriorizasse a dor pela qual estava envolvida vendo meu filho no leito de um hospital  sem poder fazer algo para melhorá-lo, além de interceder a Deus por ele.
Foi então que durante uma conversa no facebook com o professor/amigo/poeta Carlos Brunno (blog Sarau Solidões Coletivas) surgiu a ideia de um blog. Daí não parei mais com as postagens, a cada dia que passa tenho mais vontade de compartilhar o que sinto, o que sei e o que anelo saber. 
Até agora, Deliciosa Ilusão apresenta 250 postagens com:
66.128 visualizações,
2.659 comentários,
276 seguidores
e milhares de autovisualizações.
Obrigada, meus leitores queridos! Mesmo só sendo semi-profissional sei que posso contar com a leitura sincera de vocês!







,

quarta-feira, 13 de março de 2013

Sou inesquecível!

Desculpe, não consigo prender-me,
todavia, não consigo viver sem carinho,
mas não tolero sofrer
nem ser feita objeto,
não sou de um homem um projeto!
Não sou posse
nem monopólio,
mas sou um privilégio
e confesso:


Quem me amou sabe,
Sou inesquecível!







domingo, 10 de março de 2013

Sua




Quero entregar-me feito louca
beijar sua boca
sentir-me completa
mesmo que em finda reta.

Quero ser sua
em essência pura,
por alguns instantes
sem cortes e censuras
profunda e nua.

Eu quero ser sua.





sexta-feira, 8 de março de 2013

"Fases Mitológicas de uma Mulher Contemporânea"





Ser rapariga era ruim pra mim
meu desejo era não ter nascido assim
queria enfim ser homem,
correr da disciplina
viver sem rotina
as aventuras canduras
sem pensar em destino
deliciando a vida de menino.
Mas... não foi assim!

Dias vindo...
Dias indo...
Desventuras subindo
Amores morrendo
sonhos se perdendo
viver se tornava chato e pacato
como de fato
vida de Perséfane.
Nada fazia crer que ser mulher era prazer!

Primaveras passando
vida correndo,
Véstia sorrindo.
Gente indo...
Gente vindo...
Um ato de Deméter: duas gestações!
A revolta continuava em emoções
Atenas, agora, dominava as ações
meu legado profissionalizava
em alta já estava,
já não era Perséfane
era Ártemis ladane.

Adequei-me ao mundo
descobri um profundo
que Hera tornava oriundo.
Poderosa,
jeitosa,
dona de si,
dona de ti
dona do mundo!

Atentei-me para o gosto de ser Mulher.

Afrodite reina,
mas Hera domina!
E eu?
Alienada às deusas gregas
desvendei o delicioso universo feminino
que jamais sendo menino
deslindaria  sem desatino.
Mitologia grega fascina
ser Mulher é sina!


Reeditado em 08/03/2013





segunda-feira, 4 de março de 2013

Folha



Em uma tarde linda
a brisa que toca minha pele
traz a certeza de que você se foi para não mais voltar.

Nossos momentos foram bons
deliciosos enquanto o nosso juntos durou
mas você se foi para não mais voltar.

O que eu temia aconteceu
meu coração está dilacerado
mas você se foi para não mais voltar.

Resisti tanto ao sentimento de entrega
receosa de uma decepção inevitável
que mesmo assim você se foi para não mais voltar.

Constato mais uma vez,
que amar e ser amada não faz parte de minha história.
O amor se foi para nunca mais voltar.

Do que me adianta ser magnífica entre lençóis,
dançar sensualmente,
enlouquecer os sentidos,
instigar os olhares,
aguçar o desejo,
se não desperto o amor?

Sou uma linda folha,
a bailar com o vento,
em suas curvas sinuosas,
seu aroma envolvente,
desprendida da árvore,
esperando repouso eterno.

Sou simplesmente só.
Sou simplesmente eu.








sábado, 2 de março de 2013

Turbilhão Nostálgico



Sinto-me desprovida de palavras para descrever o turbilhão de sensações
que eclode dentro de mim ao vê-lo,
turbilhão, esse, temperado com uma pitada de nostalgia que pressinto antes de sua partida.
Estou com Saudades antecipadas de cada parte de você,
de cada piada sem graça,
de cada olhar incógnito, 
de cada risada,
de cada abraço,
de cada beijo,
de cada carícia,
de cada gemido,
de cada pegada,
de cada entrada... e de cada saída...
Estou com saudades suas ainda diante de sua presença.
Fique.



*Imagens: Google