segunda-feira, 27 de maio de 2013

Reciprocidade amorosa







Gostos, desejos, amor...
Como sinto falta de calor humano.
O que encontro são corpos caiados,
vazios e fechados em seus vácuos.
Penso e creio que exista alguém
que como eu, queira amar e ser amado.
Desejando degustar e usufruir de um amor puro e verdadeiro.
Todavia parece que vou partir daqui
sem poder sentir o gosto dessa reciprocidade amorosa.





3 comentários:

  1. Olá!Boa noite
    Amiga Jaque
    sim..li,gostei e entendi,mas não creio que vc vá partir sem sentir o gosto...só que cuidado com a carência...nem toda oferta de amor é amor. Por mais recíproco que pareça, nem sempre o que o outro está nos oferecendo é amor de fato. A carência de um pode ser tão retumbante que anula a possibilidade de qualquer reciprocidade amorosa - não importando o esforço empregado ou o quanto queiramos nos iludir.
    Ama quem consegue ver além de si mesmo, quem vive o outro e pelo outro, quem quer arriscar-se nos prováveis benefícios do futuro a dois...
    Obrigado pelo carinho das palavras em meu blog
    Bom final de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Felis!
      Seu comentário é sempre bem-vindo!
      Cada palavras que digitou Soa como conselho para mim,
      estou como descrevi.
      Bom fim de semana.
      Bjoks

      Excluir

*Imagens: Google