sábado, 11 de maio de 2013

Ansiedade Possuída





Leio seu corpo e fico enlouquecida
com o desenho geográfico
que me conduz a pensamentos insanos,

quero seu profano.

Venha, penetra-me com seu Ser
quero te pertencer
quero ser seu eu,
mas quero ir além do instinto.

Venha, penetra-me com seu Ser
nua, crua, sedenta, ardente
espero sua penetração
em esperança permanente.

Venha, penetra-me com seu Ser
estou como vulcão
esperando ser adentrada por você,
Não o você que todos conhecem
mas o você que demonstra ser completo
em nossa intimidade mesmo em dias nostálgicos,

Venha, penetra-me com seu Ser.
Quero ser sua, só sua.
Penetra-me até a alma,
quero levá-lo em mim após a vida.

Venha, penetra-me com seu Ser.
Não quero só ter, quero viver.
Penetra-me com seu Ser.





15 comentários:

  1. Poesía llena de Fuerza y Pasión con estas Palabras envueltas en Mágica sensualidad.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sí, mi querido, mi poesía está llena de sensualidad.
      Bjoks

      Excluir
  2. Such sexy emotions this poem brings out, lovely Jaqueline :)

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Potente como todo desejo deve ser.
      Bjoks

      Excluir
  4. Não precisa publicar
    Eu fiz texto usando um trocadilho com o nome dos blogues.
    Não sei se viste. Eu inclui o teu.
    Abraço.

    http://www.cchamun.blogspot.com.br/2013/05/agradecendo-comentarios.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Publiquei para quem quiser visitar seu post.
      Bjoks

      Excluir
  5. Como sempre poesia linda e sedutora! Desejei meu namorado aqui comigo agora *-* aoeie
    ótima semana, :*

    Coruja Essência

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que delícia de desejo para você, minha flor!
      Obrigada por vir, bjoks.

      Excluir
  6. Ao mesmo tempo um desejo, um pedido e uma oração aos deuses... bela poesia!

    ResponderExcluir
  7. Eita!! Quanta paixão e anseio de amor!!!
    Bela poesia!!!
    Parabéns!!!

    Abraços!

    ResponderExcluir

*Imagens: Google