segunda-feira, 25 de março de 2013

Coração Partido




Você arrancou um pedaço do meu eu
sinto a dor do coração partido
mas não fique iludido
o que você tirou foi a idealização
que minha mente por alguma razão
transformou em paixão
nada que o tempo não cure,
nada que uma nova ilusão não apague
afinal, você não era nem de perto o que meu desejo sonhava ter
quebrava um galho esporádico na solidão da noite,
alimentava uma ideia inexistente
mas insistente em existir: ter alguém.
Ter alguém por ter já dói,
imagine redescobrir-se só mesmo acompanhada?
(acompanhada por uma idealidade não pela realidade)
É como se nunca tivesse existido,
é um vazio, um vácuo, um nada!
O coração partido dói!
Mesmo que por um alguém que nunca existiu,
fingiu, mentiu, fugiu, mas...
nada que o tempo não cure
nada que uma nova ilusão não apague.






14 comentários:

  1. Fodástica a sonoridade do poema e um refrão que gruda na mente. Aplausos de pé!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, meu caro poetamigo, fico tão feliz e lisonjeada com seu comentário.
      Obrigada por tudo!!!

      Excluir
  2. Essa é uma dor que, ao meu ver, não deveria existir.. mas infelizmente além de existir, machuca demais!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Arrume a casa, o cabelo, o emprego, os estudos
    e depois - se der tempo entre um seriado e outro - arrume um amor.


    [contém 1 abç]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que conselho bom!!!!

      [obrigada pelo abç]

      Bjoks

      Excluir
  4. Amor y nostalgia para un precioso poema. Besos, amiga

    ResponderExcluir
  5. Redescobrir-se só mesmo acompanhada, tem coisa pior?
    Adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Pati.
      Obrigada pela ajuda em seu blog.
      Bjoks

      Excluir
  6. Jacqeline, you write with such beauty that captures pictures and thoughts so easily:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Launna, you are very sensitive and therefore can capture well the images described in the poem.

      Excluir
  7. Isso ai, nada que o tempo não cure e uma nova ilusão não sobreponha!!!
    Olhar para frente sempre... Há paixões que realmente são assim mais idealizadas do que reais... Amei o poema!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas ainda bem que as paixões idealizadas ou não também acabam!!
      Bjoks

      Excluir

*Imagens: Google