quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Dependência



Minha vida agora é dependente 
dependente de seu sentimento
sentimento que almejo
almejo está impregnado
impregnado em minhas veias
veias que correm o sangue
sangue que sustenta a base
base vívida que esvai sem sua presença
presença que arde na ausência
ausência dolorida e amada
amada com todo o ser
ser fora de mim e dentro de você
Estou dependente
Estou apaixonada.





23 comentários:

  1. Oi Jaque,

    Dependência é fogo...rs

    Mas o texto é majestoso...

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanessa!

      É verdade, mas automaticamente nos tornamos dependente quando apaixonados.

      Obrigada por vir, bjoks.

      Excluir
  2. Isto é amor!
    O amor escraviza.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, Janice, ou apenas uma idealização de alguém que um dia vai se decepcionar com a realidade.
      Bjoks

      Excluir
  3. Jaqueline... I have missed you and your beautiful poetry... you have such a stunning way with words. Just beautiful.

    I am home finally... catching up with everyone...I really look forward to reading your words :) xox

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Launna, how kind!
      Thanks for caring, you truly are very sensitive and therefore feel what I write.
      ;)

      Excluir
  4. Belo uso da figura de linguagem anadiplose (repetição da palavra final de um verso no início do verso seguinte) pra reforça a intensidade da dependência! Uma obra madura e sensualmente dependente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que delícia recebê-lo aqui em meu singelo e delicioso espaço!
      Foi proposital o uso de anadiplose, sempre tive vontade de estruturar um poema intenso pelo seu uso.
      Agradeço por ter gostado e comentado, Carlos.

      Excluir
  5. Olá

    Depender de alguém,
    é encontrar
    para nossa vida
    o seu melhor sentido.

    Que em teu coração,
    a alegria faça morada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluisio, que prazer recebê-lo aqui!
      Obrigada por tais palavras,
      desejo o mesmo para você.

      Bjoks

      Excluir
  6. Que coincidência.
    O post do meu blogue desta semana é também Dependência.
    Só que outro tipo.

    Lindo texto! Vou copiar e colar no facebook da minha esposa, mas manterei tua autoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudio,
      Fico feliz pela coincidência e por sua esposa receber de você essa, digamos, homenagem.
      Obrigada,
      bjoks.

      Excluir
    2. Já tá postado. Se quiseres ver, o perfil está aberto https://www.facebook.com/cchamun

      Se quiseres me visitar será bem vinda: www.cchamun.blogspot.com.br

      Beijos

      Excluir
  7. Olá!Bom dia
    Jaque
    penso que infelizmente, queremos que tudo aconteça rapidamente, para satisfação própria. E no lugar de desenvolver um relacionamento saudável desenvolvemos a dependência. Deixamos na mão do outro a nossa felicidade e plenitude.Porque enquanto não estivermos fazendo escolhas pessoais, não estamos buscando nossa plenitude, e sim somente a satisfação do ego.
    Meu carinho
    Bom domingo
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem toda razão, querido Felis!
      Assim ao invés de aflorarmos o amor, desenvolvemos o comodismo e a insegurança.
      Bjoks, meu lindo.

      Excluir
  8. Una bella poesía llena de emoción y sentimiento, como todas las tuyas. Un beso amiga.

    ResponderExcluir
  9. Prabéns pelo talento poético que as tuas palavras revelam.
    Jaqueline, gostei muito do teu poema.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilson,
      Ter seus comentários aqui em meu cantinho é uma delícia!
      Obrigada por vir.

      Excluir
  10. Bem bom!!! Senti-me dependente por alguns minutos...

    ResponderExcluir

*Imagens: Google