segunda-feira, 2 de julho de 2012

Geneslipse



Gênesis da Vida.
Dia como pista.
Noite como descanso.
Sorriso aberto.
Vida empolgante.
Poucas responsabilidades
Escolhas sendo feitas
Ânimo em êxtase.
Fase decisiva.
Vida,
labuta.
Labuta,
vida.

Tapetes puxados.
Frustrações de escolhas.
Mente Comprometida.
Anos passando e pesando.
Rugas marcantes.
Sorriso Fechado.
Maturidade premiando.
O Tempo não para.
O Tempo não perdoa.
Oportunidades esvaem.
Decepções cada vez mais comuns
fazendo parte da vida
que apesar das frustrações
continua em direção ao Apocalipse.



10 comentários:

  1. Parabéns moça, sempre lindos posts.
    Uma ótima semana

    Abraço

    Orfeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quase não reconheci vc, meu Orfeu.
      Bjoks

      Excluir
  2. You always put such passion into all your posts:)

    ResponderExcluir
  3. Uma verdade dita em poucas e fortes palavras.
    Parabéns querida, sempre única!!!

    ResponderExcluir
  4. Has bordado esta génesis y esta elipse de la Vida...Preciosa.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sí, Pedro. És preciso verdade de la vida.

      Excluir
  5. É otimo grande poetisa em contemplar uma idéia nascida
    dos mesmo sentimentos.
    Como vc disse este se parece com o meu movimento das coisas
    é belo, distantes pelos asfaltos e unidos no mesmo verso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, caro poeta
      O ambiente é diferente,
      mas a sensação é muito semelhante.

      A cidade cresceu, cresce...
      e a gente também...

      Excluir

*Imagens: Google