terça-feira, 24 de julho de 2012

Essência






No instante de agora fecho os olhos
Através de sensações intrínsecas posso sentir
no toque da brisa suave a sua presença.
No vento, o bálsamo envolvendo meu ser,
não mais sou eu, somos nós, é você!

Razão de minha existência, minha raiz vivificante
o ar que necessito expirar
o alimento que preciso para subsistência
o motivo da rima em existência.

Teus sussurros deleitam-me esculturalmente
perfumam o ambiente, misturando-se ao silêncio
clareando as paredes testemunhas do nosso momento
nutrindo a essência de nosso instinto.

Ao abrir os olhos, respiro profundamente a realidade
oxalá a distância quilometrada não afaste nossas almas
quiçá arrefecidas na matéria
mas estivadas no amor de nosso desejo mútuo.


32 comentários:

  1. Jaqueline, seus versos formaram uma bela poesia. Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, hoje deixei que os tecnicistas coordenassem minha sensação intrínseca e insana...rs

      Bjoks

      Excluir
  2. Lindo, lindo, lindo, parabéns Jaqueline ! Quem dera eu pudesse ter um amor assim, uma entrega total.

    beijo

    Orfeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No mínimo tens algo maior, minha inspiração: sua existência!

      Bjoks, meu Orfeu.

      Excluir
  3. Uma rosa que brota jardim
    ilumina, faz sorrir o sol, faz sorrir o dia
    brota não somente na terra mas também no sorriso
    do humilde jardineiro, que cuida, contempla com o olhar da alma
    o mais profundo o mais verdadeiro.
    É ti grande poetisa e sua poesia perfumada de quebrantos
    á rosa no jardim, efluviando versos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada seria, querido poeta, se não existisse no mundo concreto seres abstratos como você.
      Obrigada pela cooperação poética e pelo exercício mental que fazes comigo ao poetizar ao vivo e a cores no facebook.
      É hilário o que ocorre.
      Bjoks

      Excluir
  4. Guria! Lindo demais! Teus versos são envolventes! Parabéns! Muito obrigada pelo carinho! Quinta-feira, dia 26, tem post novo!
    Uma abençoada e feliz quarta-feira!
    Carinhoso abraço!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elaine, sua presença é sempre muito especial!
      Obrigada pelo carinho.

      Excluir
  5. I feel like I can live in you poetry, you make it come alive:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. You can feel the poetry alive, because you are sensitive, Launna;
      kisses, my dear. ;)

      Excluir
  6. Através da essência é que se toca a alma....(lindo)

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Vanessa.
      Por isso você nos toca com suas postagens, há essência em todas.
      Bjoks

      Excluir
  7. Poesia linda e inspiradora! Jaque você é muita talentosa! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz estou pelo seu retorno, Manu, e obrigada.
      Bjoks

      Excluir
  8. Oi Jaque
    Haja inspiração e vc tem de sobra! Gostei de vc ter falado o que falou na sua última resposta, eu é que curto muito vir aqui, é renovador! Te convido a ir no Histórias, tá rolando uma pequena homenagem que fiz aos blogueiros amigos, e vc está incluída, espero que goste.
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, minha inspiração é transcendente...
      Vou lá nas 'Histórias' ver o que rola...
      Bjoks

      Excluir
  9. OLá Jaqueline, boa noite!

    Poema intenso, ritmado docemente, quase um amor espiritual, não fosse a paixão que emana de suas letras. Ou talvez seja espiritual mesmo. Gostei demais, poetiza!!

    Muito obrigada, pela visita e comentário lá no SEMENTES PRECIOSAS! Gostei, volta mais , volta?

    Bjos da Lu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, sempre que vejo as atualizações no blogger visito Sementes Preciosas, eu amo a suavidade que há em seus textos, lógico que volto.
      Quanto ao meu poema 'Essência" é transcendente ao físico, mas não chega a espiritualidade por ter uma paixão pelo Ser desejado.
      Obrigada, linda poetamiga!
      Bjoks

      Excluir
  10. Jacque, lindona!
    'Viajei' neste teu belíssimo poema!

    Me detive na parte da 'distância quilometrada', penso que a 'essência' está justamente nisso, quando o amor ultrapassa espaço-geografia, tempo, ou qualquer medição, nesse momento, ele se faz amor pleno.
    Lindo mesmo!

    Adorei também teu comentário por lá! Muito simpática você:)

    Beijos e ótimos dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro seus contos, Cissa, sempre que consigo tempo deixo meu comentário, Laura é muito arteira, lembra-me eu mesma...rs...

      O amor pleno transcende fronteiras...
      Bjoks

      Excluir
  11. Olá!Boa tarde!
    Tudo bem,Jaque?
    ...intenso, cheio, repleto de sensualidade...
    Uma complexidade simples, de dois seres que se amam e que têm na alma muita essência...apesar do espaço físico não ser o mesmo!
    Obrigado pelo carinho d sempre!
    Boa sexta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felis, Felis, estou feliz por vir aqui mais uma vez com seu carinho.

      Excluir
  12. JAQUELINE,

    e que assim seja!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  13. Belo poema!
    Tenha um ótimo fim de semana.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milton, agradeço sua visita e seu comentário.
      Bjoks

      Excluir
  14. Simplesmente maravilhoso.

    ResponderExcluir
  15. Boa Noite Amiga.
    Seu poema realmente encantou meu coração
    sou apaixonada por poesias embora não seja poeta.
    Carinhosamente estou seguindo sua linda casa virtual.
    Linda semana beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evanir, é um prazer enorme tê-la aqui.

      Seja bem-vinda!
      Obrigada por vir,
      Bjoks

      Excluir

*Imagens: Google