segunda-feira, 16 de julho de 2012

Cavalgada




Rendi-me,
no auge da montanha
com o vento trazendo
fulgores de nós
que ao invés de refrescar,
ardia como brasa!
Percebi que
cavalgávamos incessantemente.
Em minutos transcendemos
nossa razão
deixamos o nós,
transformamo-nos em uno.





26 comentários:

  1. Olha Jaque, poderia dizer aqui muitas coisas sobre seu talento...mas vou apenas dizer 'lindo'...


    Orfeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ademir, meu Orfeu. Você é especial e lê com carinho o que escrevo, por isso tais palavras.
      Obrigada.

      Excluir
  2. E ao se transformar em um é o amor...é a paz desse vento tocando levemente os cabelos e arrepiando o corpo de prazer nessa cavalgada....beijos de boa semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Everson, é amor, é paz, é bonança depois da tempestade oscilante entre os amantes.

      Excluir
  3. Oi Jaqueline, sua poesia além de sensual é linda! Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, obrigada por vir e pelo comentário.
      O amor por si é lindo!

      Excluir
  4. Poesía llena de Magia, Sensualidad y bella explosión de Palabras...¡Hummm! Me he Fascinado.
    Un abrazo y Beijos.
    Adoro você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, la explosión de palabras está mi corazón.
      Gracias,por tu visita.

      Adoro você.

      Excluir
  5. Ótima poesia, a luxúria e a sensualidade têm uma beleza que infelizmente fica muitas vezes reduzida a uma vulgaridade barata, então adoro quando alguém consegue explorar bem isso... uma das coisas que fazem a vida muito mais divertida hehe

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, que comentário esplêndido!
      Conseguiu entender a sensualidade sem vulgaridade, esse é o meu objetivo, mostrar a delícia do ato ou coita amorosa sem ser vulgar.

      Obrigada pela visita.
      Bjoks

      Excluir
  6. que luxo , intenso e sensual !


    Beijoca !
    Tenha uma semana abençoada !
    http://casascoisaseoutros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, luxo é recebê-la aqui.

      Bjpks e desejo o mesmo.

      Excluir
  7. Adooro cavalgar horas a fio..ahahahaha.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, Lu, você é suspeita!!!
      rs...

      Bjoks

      Excluir
    2. Suspeitíssima!
      Já estou doidinha para falar de sexo novamente lá no Sem Pudor.

      Beijos.

      Excluir
    3. Você me diverte!!!
      Adoro sua presença, vou lá.

      Excluir
  8. Oi Jaqueline
    Vim retribuir sua visita ao meu blog, e gostei muito do seu, já estou te seguindo. Gostei da matéria da mulher de 30. Adorei o poema, como eu costumo dizer para minhas amigas poetisas é sensual sem ser vulgar. Parabéns!
    Bjão. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciana.
      Gosto de demonstrar a sensualidade que o ato pode proporcionar sem apelar para vulgaridade.

      Bjoks

      Excluir
  9. Simplesmente lindo. Gosto de poemas do género.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sinal que você gosta de meu espaço.

      Obrigada e bjoks

      Excluir
  10. Dear...beautiful...love, love and love!!! Kisses :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. My dear, beautiful is you!!!
      Kisses

      ;))

      Excluir
  11. Jacqueline, all I can say is wow.... you touched inside my heart with your words... just imagine if I had the full meaning with it being translated:)

    ResponderExcluir
  12. :) Sensacional..lindo design do blog e poemas eróticos de bom gosto.

    ResponderExcluir

*Imagens: Google