sexta-feira, 8 de junho de 2012

Ardente Decepção



Um fim de semana comum, além do tempo nublado e a insipidez da cidade, ruas desertas, janelas iluminadas e um ar frio com chuviscos para completar. Estava Diva em seu mundo alienado, pois sua ralidade não permitia sair de casa pela violência urbana, quando recebeu um telefonema de alguém que há muito mexia com seu coração, mas que como todo mundo era idealização. Diva ficou entusiasmada, banhou-se, colocou sua melhor lingerie, perfumou-se e ficou na expectativa da chegada de seu Adônis (como toda mulher, Diva acreditava que poderia conquistar seu amor). Para sua surpresa, Adônis chegou em poucos minutos levando-a para seu recanto. Um apartamento pequeno, bem estruturado, mas frio! Frio de sentimento, de emoções, de vida! Por outro lado, cheio de instinto; percebia-se no ar, o cheiro do ato sexual que frenquentemente era realizado ali, não com Diva, mas com outras. Diva não queria enxergar o que via, seu amor, era maior que a decepção que, agora a espreitava. Deixou-se envolver por Adônis, entregou-se totalmente a ele, de todas as formas que o poderia fazer, amou-o intensamente! Cada parte de seu corpo manisfestava sua ledice voluptuosa, sentiu seu amante em cada instante, desde o toque em seus cabelos até a fruição de seu corpo. Após múltiplos sentidos, Diva viu-se de volta à realidade. A decepção que dantes não quis que dominasse sua razão, caíra como um relâmpago, um flash luminário que a fez despertar. Foi mais uma naquele ambiente, foi mais uma na volúpia de Adônis, foi mais uma na vida... Não querendo demonstrar sua carência de atenção, agiu friamente como se nada tivesse acontecido, como se tudo fosse nada, entretanto  seu coração sangrava, sangrava por querer uma ação que  jamais aconteceria, um pedido de "fica comigo", um pedido de "seja minha companheira", um pedido que nunca foi pedido, mas perdido...perdido nos sonhos de uma mulher apaixonada... perdidos nos atos instintivos e insensíveis de um  homem que nunca amou!

17 comentários:

  1. Muito lindo, seja sempre bem vinda ao meu blog. O seu esta de parabens. Beijos
    http://grandeigualdavi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Penso Vanessa que pobre é Adônis, pois nada te a oferecer, já Diva tem muito.

    ResponderExcluir
  3. Muy buen relato.
    Alguien que lo da todo y sólo recibe egoismo, cinismo y Amor de conveniencia.
    Más se pierde él por no saber valorar a alguien que, seguro, descubrirá su auténtica media naranja.
    Un abrazo, Jaqueline.

    ResponderExcluir
  4. Sí, Pedro, que se pierde Adonis, que la Diva se encuentra una persona que merece tu atención y dedicación.

    ResponderExcluir
  5. Óla,

    Olha menininha, gostei muito do seu blog e tenha certeza que voltarei mais vezes aqui. Já estou seguindo como Arena Fama e também estou colocando seu link em www.arenafama.com

    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo "menininha" fiquei lisonjeada, afinal tenho 37. Fico feliz pela sua deliciosa visita. Bjoks

    ResponderExcluir
  7. UAU super intenso, até me sinto escrita em teus pensamentos... É verdade mesmo que as vezes conhecemos a realidade mas preferimos nos tapar com nosso desejo...e depois nos cobrar e nos maltratar pelo erro...embora se faça tarde...

    Diva, nem sempre os desejos devem ser tidos como sonho, e correr atrás deles...

    Adoro seus escritos, beijos da Laudy, a tua mais recente leitora assídua!

    ResponderExcluir
  8. Lindinha, que delícia seu comentário. Bjoks

    ResponderExcluir
  9. Não somente com Diva, mas isso acontece a todo momento com as pessoas mais comuns e em qualquer momento, quando queremos um sentimento, um carinho, e infelizmente a pessoa que desejamos não tem a nos oferecer nada mais do que um simples prazer ou as vezes nem isso...

    ResponderExcluir
  10. Nem tanto, há pessoas que não querem enxergar e não sofrem por isso, elas simplesmente se conformam.

    ResponderExcluir
  11. Obrigado amiga por te me visitado
    em meu blog amei sua visita
    não tenho muita pratica com blog
    mas vou costurando kkkkk
    com meu mais respeito é carinho beijo
    em seu lindo coração

    ResponderExcluir
  12. Obrigada, Irene. Estou aprendendo aos poucos também. Vou sempre visitá-la. Bjoks

    ResponderExcluir
  13. Jaqueline, you write such luscious words :)

    ResponderExcluir

*Imagens: Google