domingo, 29 de abril de 2012

Consolidação do Eros


As vida tem dessas coisas!
Assim como a lenda do Sol  e da Lua
Da Psique e do Eros,
Vivo em grandes dilemas,
aliás, quem não os vive?
Fico dividida entre o prazer de meu corpo
e a idealização neurótica por alguém que parece não existir.

Neurose?
Bendita neurose!
que me faz metamorfose
em apoteoses e
analoses..

Que dilema!

Dizer que amo mas só desejando
desejando querendo um dia amar
Satisfazer minha vontade oculta
impulsa
propulsa
Que injusta!
Vou ser sempre a Lua?
amando à distância
com tanta ganância
um ser inatingível,
inacessível,
impossível?

Recuso-me!

Meu corpo sente falta do toque
do resvalar das mãos...dos pés...do cabelo...
do deslizar oculto de apelo do desejo
com beijo anuviar meu olhar
e todo o meu ser embriagar.
Meu corpo sente falta de você!

A Lua está sozinha, escura e fria
longe do seu Sol
que acompanhado de estrelas em eufonias
brilha à distância em demasia.

Rejeito a solidão lunar!
Rejeito o reflexo solar!

Sou a Terra e você é o Mar!







4 comentários:

  1. Hi there.. :)
    I really enjoy to read your writings, and that´s why:
    http://maarituittamo.blogspot.com/2012/04/challenge.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. What a delight!
      Maarit Thank you, I am among the five blogs you enjoy reading!
      I like you "Step sleepless nights reading those who visit me, because I like to return the visits. Thank you for liking my writing!

      Excluir
  2. Que linda metáfora...

    ResponderExcluir

*Imagens: Google