sábado, 7 de abril de 2012

Algozes do Cotidiano

No decorrer do dia
algozes da calmaria
atraem sinfonias
que levam a um sismaria
cheio de valentia
prostrar-se diante de si em prol a melhoria.

O corre-corre transforma-se
em um vão de vácuos mentais
refletidos em leves anais
distribuídos como tais
pensados esporadicamente pelos mortais!

Esses algozes têm seu fim
com a chegada da suposta satisfação
ofuscante da própria criação,
gerando uma aleatória imunização.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

*Imagens: Google