sábado, 31 de março de 2012

Em Dias Carentes

Notório quando expomos nossas emoções, exageradamente
mas nem tanto, quando as demonstramos de um jeito sutil.

Nos afazeres do dia, poucos conseguem  perceber
quando necessitamos de um sorriso só para gente,
de uma atenção especial,
de um cumprimento sincero ou
até mesmo de um "oi" gostoso...

Ai, ai...Como faz falta, em dias carentes!
O Sol pode estar a brilhar sua majestade,
o Céu límpido com seu aspecto tocável
a Natureza esplêndida!
Mas nós?
Bem...Nós nem notamos!

Fechamo-nos em nosso mundinho, 
preocupados ou penalizados com o nosso eu,
que nem percebemos esse espetáculo natural.

Mesmo assim, continuamos desejosos por algo ou alguém
que supra nossa carência ou que, simplesmente,
olhe-nos com atenção direcionada só a nós,
e nada mais.






2 comentários:

  1. Oi Jaqueline. Gostei do seu blog. Os textos são muito bem escritos e o visual é legal. Vou seguí-lo. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, professor! Sua presença é uma honra!

      Excluir

*Imagens: Google