domingo, 25 de março de 2012

Dia Quente

Ar quente,
sol brilhante e intenso
com nuvens apaziguando seu reflexo.
Mente turbulenta,
corpo saliente,
sombras de tréguas entre o vai e vem do dia,
pensamento longínquo.
Ocupados?
Depende.
Assim como o Sol, aparentemente, entre as nuvens,
continua sendo Sol com todo seu esplendor
são os Homens que, aparentemente, entre os afazeres do dia,
continuam sendo Homens com toda sua limitação!

2 comentários:

  1. Que lindo este poema!! Adorei!! Vc escreve mto bem Jack, parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Pati! Tive excelentes professores e experiências que resultaram em aprendizado. Bjoks

    ResponderExcluir

*Imagens: Google