domingo, 18 de março de 2012

Cotidiano

“No cotidiano, às vezes, nem percebemos a vida passar!
Acordamos já pensativos no roteiro do dia e não paramos para refletir no Sol que está lá,
independente do obstáculo das nuvens.
Se for um dia chuvoso, então,
pensamos que o dia está desagradável aos olhos,
sem brilho, deprimente!
E esquecemos que o desenrolar da vida depende de como acordamos,
do modo em que vamos encarar os obstáculos e chegarmos ao final desse dia completos,
realizados por termos vencido com sentimentos agradáveis as ocorrências desse dia,
com a gratidão por estarmos vivos.
Seria muito bom chegarmos ao final de todos os dias dessa forma!”










Um comentário:

*Imagens: Google