sábado, 31 de março de 2012

Idealização Decepcionante!



      “Fantasiamos tanto que quando chega, decepcionamo-nos”,
      Mas a culpa é nossa por
 idealizarmos alguém que não existe!






Necessidade de Proteção

Às vezes, tudo o que queremos é um abrigo,
não um abrigo de concreto
madeira ou algo parecido,
mas um abrigo que nos transmita segurança,
proteção interior,
que nos envolva em seu calor
mostrando-nos que não estamos sós.

Deus faz-nos repousar assim,
Mas tem horas que precisamos de um "colo"
literalmente falando,
algo humano, toque, calor!
Em horas assim, até o corpo pede
com um friozinho nas veias,
um ar distraído,
um olhar vago ou triste.


A sensação de impotência mistura-se a uma nostalgia,
a um "ar" de  incapacidade diante da turbulência
que nos abala a estrutura, deixando-nos frágeis.
Interessante que essa turbulência pode ser desde um saudosismo
até uma ocorrência fatal contemporânea!

Mas...passa!
O abrigo nem sempre aparece
e a solidão torna-se nossa companhia...
Mas, como tudo e todos, esse momento também passa.


Jaqueline Cristina

Em Dias Carentes

Notório quando expomos nossas emoções, exageradamente
mas nem tanto, quando as demonstramos de um jeito sutil.

Nos afazeres do dia, poucos conseguem  perceber
quando necessitamos de um sorriso só para gente,
de uma atenção especial,
de um cumprimento sincero ou
até mesmo de um "oi" gostoso...

Ai, ai...Como faz falta, em dias carentes!
O Sol pode estar a brilhar sua majestade,
o Céu límpido com seu aspecto tocável
a Natureza esplêndida!
Mas nós?
Bem...Nós nem notamos!

Fechamo-nos em nosso mundinho, 
preocupados ou penalizados com o nosso eu,
que nem percebemos esse espetáculo natural.

Mesmo assim, continuamos desejosos por algo ou alguém
que supra nossa carência ou que, simplesmente,
olhe-nos com atenção direcionada só a nós,
e nada mais.






sexta-feira, 30 de março de 2012

Iguais mas Diferentes

cSarcasmo?
Arrogância?
Prepotência?
Ou simplesmente indiferença?

O que leva um ser dito "humano"
tratar o outro de sua mesma espécie com desprezo?

Não sei o que se passa na mente de tais,
pois, assim como os demais,
em algum momento do dia vão satisfazer suas necessidades fisiológicas,
em algum momento sentirão medo,
em algum momento a euforia chegará em suas emoções
da mesma forma que as lágrimas serão derramadas
se não pelos olhos, pelo interior,
em algum momento, no "hoje" de Deus sabe quando,
seus órgãos silenciarão cessando suas funções
e sua matéria não mais terá sentido,
transformar-se-á, talvez, em reminiscências para um ente.

É o que acontece com os seres vivos, inclusive os humanos!
Todos somos iguais em nossas necessidades, medos e emoções.
Somos iguais pela espécie, mas diferentes pela educação!

Diferentes, sim, no modo como vivemos e enxergamos a vida.


Jaqueline Cristina



quarta-feira, 28 de março de 2012

Clímax Dos Sentidos


Começa no olhar,
devagar domina os sentidos...
Não mais que de repente um palpitar do coração
mistura-se a um arrepio suave...
Ansiedade, talvez!

Um desejo inconsciente,
em consciência doma todo o ser
a entrada e saída do ar pelo corpo
fica intensa...

A temperatura do ambiente
torna-se, pelo movimento interno, elevada!
Desnuda-se, voluptuosamente...
Calor!

O sentido deixa de ter sentido
adormece a razão e aflora a emoção.
O instinto procura sua satisfação,
insaciável necessita jorrar toda a tensão...
Tenso!

De repente, o desfecho!
Satisfação!
Calmaria... Sono...

Toda a euforia do desejo
desabrocha em uma deliciosa sensação de contentamento,
os sentidos voltam aos seus ritmos normais
...realizados.





terça-feira, 27 de março de 2012

Sim, Eu Já Amei Alguém



Certa vez, perguntaram-me se já havia amado alguém,
no ímpeto da pergunta, respondi que não,
nunca tinha sentido tal emoção.
Naquele dia fiquei pensativa sobre aquela pergunta,
aliás, sobre a minha resposta.
Percebi que, sem querer, havia mentido.
Lembrei-me, então, de um rapaz
-daquele rapaz- que deixava
minhas pernas trêmulas com sua presença,
meu corpo inerte e meu raciocínio confuso ao olhar-me
com aqueles olhos verdes penetrantes...
Mas, minha presença não era para ele o que a dele era para mim!
Ao meu lado era como um pássaro preso em uma gaiola,
feição triste e desmotivado,
como se não tivesse motivos para sorrir.
Lastimável realidade a minha: ele não os tinha!
Foi quando abri a gaiola e deixei-o ir,
com seu voo rasante
partiu em direção ao que pensava ser a sua felicidade.
Deixou-me na saudade...
Porém, satisfeita por tê-lo feito feliz, libertando-o de mim...

Com o passar dos anos, constatei que isso é amor.
Ser capaz de abrir mão de alguém,
quando esse é o desejo dele,
para vê-lo feliz, mesmo que não seja o seu.
Sim, eu já amei alguém.





segunda-feira, 26 de março de 2012

Gente Grande

Quando crianças sonhamos com o dia em que nos tornaremos adultos.
Passa longe dessa mente ingênua e arteira,
o que realmente é ser um adulto, ser "gente grande".
Que intensa ilusão infantil!
Que gostoso!
Pensar em ser grande e poder fazer o que quiser da vida,
ser dono de seu nariz,
parar de estudar,
comprar tudo o que quiser,
sair à noite, sem hora para retornar,
beijar na boca...E por aí vai...
Quando crescemos conscientizamo-nos
do quanto é gostoso ser criança!
Que ironia!
Bate aquela nostalgia!
Achar graça em tudo, gargalhar gostoso,
chorar doído sem vergonha,
brincar com os colegas no recreio,
não se preocupar com contas e trabalho
correr, saltitar, cair, machucar-se e,
ter um colo para consolo.
Que delícia! Sentir protegido sempre!
Pois é! Ser gente grande é muito complicado!
Deixamos de ser protegidos para sermos protetores.



domingo, 25 de março de 2012

Anoitecer



Silenciosamente ela chega,
para muitos essa chegada,
a penumbra, traz angústia,
deprime, dói!

Para outros,
prenuncia um estágio
delicioso do fim do dia.

Aguardada com ansiedade
e desejo, ela chega!

Ao poucos vem dominando
nosso ser, mas chega!

Deixando o ar misterioso
e, ao mesmo tempo, gostoso.
Constatamos, então, que chegou!

Envolvidos por esse fenômeno,
encontramo-nos presos a ela -
a Noite!

Reações Adversas

Dizer que nunca faremos algo,
é ilusão!
Ao passarmos por uma tal situação inesperada,
somos levados pelo estado de espírito daquele momento.
A euforia,
o desespero,
o choro,
o riso,
a raiva,
a gargalhada,
o espanto ou até mesmo
o "choque",
são reações dependentes do momento
em que nos encontramos interiormente.
Na realdade, o preparo para tais ocorrências
vai desde a experiência até a falta dela,
o que ameniza ou eclode o acontecimento.
Deixemos acontecer o que tiver para acontecer,
sem julgamentos ou precipitações.
Vivamos...

Dia Quente

Ar quente,
sol brilhante e intenso
com nuvens apaziguando seu reflexo.
Mente turbulenta,
corpo saliente,
sombras de tréguas entre o vai e vem do dia,
pensamento longínquo.
Ocupados?
Depende.
Assim como o Sol, aparentemente, entre as nuvens,
continua sendo Sol com todo seu esplendor
são os Homens que, aparentemente, entre os afazeres do dia,
continuam sendo Homens com toda sua limitação!

sábado, 24 de março de 2012

Sou Diferente


Delícia é viver!



Devemos olhar para a imagem refletida no espelho e dizer:
"Estou vivo e saudável!"

Autoestima é o melhor remédio para viver agradavelmente bem
e aproveitar as ilusões da vida sem arrependimentos!

Viver vale a pena!

Viva!


Basta, quero viver!

Basta de nostalgia!
Chega de perder tempo!

Quero viver cada dia como se fosse o último,
apreciar o belo, o feio, o ridículo, o espetacular,
enfim, quero admirar tudo!

Quero sentir a brisa do vento em minha delicada pele,
andar pelas ruas desfilando minha beleza natural e
contemplando a natureza com todo seu esplendor!
Quero sentir-me agradável e agradar a quem me vê.

Quero demonstrar a todos que me observarem,
a felicidade e o contentamento que tenho
por poder usufruir da vida...
Seja em um momento delicado ou
até mesmo, em um evento de grande porte!

Basta de mesquinhez, de pena, de dó,
de autopiedade, egocentrismo e egoísmo!

Quero ter mais momentos felizes do que tristes
e sei que isso só depende,
única e exclusivamente, de mim.

Quero viver!!!

sexta-feira, 23 de março de 2012

Deliciosa Ilusão


Saudades...
Gostaria de voltar no tempo
só para poder senti-lo novamente,
sentir teus braços me envolvendo
tua pele me aquecendo
teus sussurros me arrepiando
tua boca me enlouquecendo
teus olhos me admirando



Mas o tempo não volta!
E você já se foi.
Deixando-me acompanhada da saudade e do
desejo de ficar contigo eternamente,
numa deliciosa ilusão!




Pusilanimidade*

Ao pensar no título para esse blog imaginei algo que, todos que temos a consciência de ilusão, pudéssemos identificar em nós mesmos. Mas hoje, impreterivelmente hoje, senti algo que ainda não havia exposto - medo! E assim descrevo para vocês:

Em um dia estava protegida, envolvida nos braços "dele"
seu sorriso entranhava em meu ser
de tal maneira que desejei eternizá-lo em mim.
A entrega do momento era mútua,
o desejo voluptuoso era intenso,
nosso suor parecia óleo perfumado,
ríamos um do outro como crianças em um instante de "ingenuidade",
ao amanhecer, despedimos-nos com promessas e
seguimos nossos diferentes caminhos acreditando
que ainda voltaríamos a deliciar outras noites como aquela, intensas...
Mas não aconteceu!
E depois de semanas ainda pego-me com aquela sensação de estar com ele,
ouvindo as risadas e sentindo os toques daquela última noite...
E sinto medo,
medo de não superar,
medo de vê-lo nos braços de outra,
medo de esquecer e de ser esquecida!
Enfim, sinto medo de não encontrar tal sintonia em outro alguém!

*o mesmo que Medo.

Chico Anysio

Não posso deixar de compartilhar meus sentimentos de perda em relação ao falecimento do humorista Chico Anysio. E nada melhor do que deixar uma de suas frases para esse momento.
"Não tenho medo de morrer. Tenho pena". Chico Anysio (1931-2012)

Purificação para o novo

Sábio Pitágoras! Em um de seus pensamentos lemos "Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo". Que sabedoria! Infelizmente, só aprendemos a viver esse pensamento depois de passarmos por determinadas situações que nos levam a perceber que em um coração com resquícios não há como permanecer algo novo, que para fazer guarida precisa encontrar um ambiente limpo e aconchegante, no caso, o coração.
E para completar, o próprio Pitágoras ainda diz que "Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito". Nada melhor que receber algo novo com tamanha dedicação para uma permanência longa e agradável.

Atitude saudável

Jaqueline
Andando pela rua, percebi uma jovem que em sua simplicidade dirigia-se ao posto médico para marcar uma consulta; seu andar era empolgante, sua fisionomia animada seguindo em direção à atendente do posto que lhe atendeu indiferentemente, todavia, sem dar importância ao modo como foi atendida, a jovem retirou-se do local com o mesmo sorriso com que adentrou no mesmo.
Observei atentamente essa jovem, que em uma situação dessa, comumente, entraria estressada por ter que enfrentar uma fila e sairia, irritada e maldizente, por ter sido mal atendida e ainda por cima não ter conseguido resolver sua questão. A atitude dela trouxe para meu campo reflexivo uma lição que todos sabemos, mas por rotina não praticamos: não importa o modo como veem você, importa o modo como você encara a vida, pois com atitudes positivas sorrimos mais, agradamos as pessoas que nem conhecemos com nosso carisma e, consequentemente vivemos mais saudáveis.

Nem tudo é fácil

Hoje, acordei com o pensamento voltado para essa reflexão de Cecília Meireles:

É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer triste.
É difícil dizer eu te amo, assim como é fácil não dizer nada
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.
É difícil enxergar o que a vida traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e atravessar a rua.
É difícil se convencer de que se é feliz, assim como é fácil achar que sempre falta algo.
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer chorar.
É difícil colocar-se no lugar de alguém, assim como é fácil olhar para o próprio umbigo. Se você errou, peça desculpas...
É difícil pedir perdão? Mas quem disse que é fácil ser perdoado? Se alguém errou com você, perdoa-o...
É difícil perdoar? Mas quem disse que é fácil se arrepender? Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir? Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que queira escutar? Se alguém reclama de você, ouça... É difícil ouvir certas coisas? Mas quem disse que é fácil ouvir você? Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se? Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida...Mas, com certeza, nada é impossível.
Precisamos acreditar, ter fé e lutar para que não apenas sonhemos, Mas também tornemos todos esses desejos, realidade!!! (Cecília Meireles)





quinta-feira, 22 de março de 2012

Carpe Diem

Eu e Maria Tereza(amiga)

Afinal, o que é a vida senão uma grande ilusão?!

Acordamos cheios de planos, mal o dia começou já fazemos planos para a noite mesmo não tendo realizado os projetos pensados pela manhã, a noite fazemos planos para o dia seguinte, e assim vivemos nosso dia-a-dia, esquecendo que o amanhã pode não chegar!
Na realidade devemos viver nossos momentos intensamente, portanto na labuta diária precisamos estar satisfeitos, distraindo nossa mente do estresse e dos aborrecimentos para mantermos uma vida saudável e longa. Buscando pensamentos positivos para transformar o trabalho em um momento agradável e a companhia de entes queridos em instantes de lazer.
Em outras palavras delicie sua vida desde o início do dia até o término do mesmo! Carpe Diem!

Procura em vão

Hoje senti aquele palpitar do coração.
Parecia que ia saltar de dentro de mim em busca de um olhar seu.
Mas foi em vão... Você nem me notou!
E eu continuei a vida após ter estado inerte por uns instantes.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Noite Saborosa

Noite saborosa!
Cada dia que vivemos sucede uma noite merecedora de ser saboreada!
Mas, muitos perdem-se ao longo do dia que ao chegar a noite,
não percebem a envolvente arte noturna,
agindo como seres robóticos,
deitam e dormem.
Deliciar a noite completamente!
Satisfazer-se!
Envolver-se nessa arte
é, sem sombra de dúvidas, um jeito saboroso de amanhecer de bem com a vida.

Por uma Vida Melhor

A beleza está em como enxergamos o dia, e não na superficialidade das coisas. Viver é aproveitar de maneira saborosa e otimista cada momento. Cada instante de nós é único e, portanto, valioso! Viva sem se ater nas ocupações diárias, viva sem maldizer os fatos ou as pessoas, viva transformando seu simples cotidiano em um dia de glória, independente das ocorrências vindouras, viva enriquecendo-se de agradáveis sensações. Como?

Em algum momento feche os olhos e sinta a brisa tocando sua pele, pense que esse instante, como todos os outros de sua vida, já passou mas que você ainda está vivo para deliciá-lo podendo transformá-lo em um dia melhor do que os outros. Não se irrite ou se estresse com os fatos alheios, pois tudo passa, todos os fatos, doces e amargos, passam. O que fica é o resultado de como enfrentou cada um deles. Agindo assim, poderás dizer no final "eu soube viver deliciosamente a minha vida".





terça-feira, 20 de março de 2012

Expressão

Instinto

Alma ardente,
desejo constante,
pensamento em busca de algo indescritível,
algo que deixa meus sentidos aflorados
vindo de um instinto caçador.
Sem conhecer minha presa,
desejo-a intensamente e,
voluptuosamente caminho ao encontro
do desconhecido.
Inteirando-me da sensação do domínio predador,
sigo desejosa.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Filho - Um ser para sempre

Um aperto no peito,
um nó na garganta,
uma sensação de incapacidade diante de algo que foge de nosso controle.
Homens vêm e vão,
familiares só aparecem em data natalina, ou nem assim,
e quanto aos amigos, nada podem fazer quando uma parte de você adoece,
parte essa que por si só já sente,
anda,
respira,
alimenta-se,
e que chamamos de filho.
Nada se compara ao amor que, nós, mães sentimos
e que se aflora ao depararmos com a fraqueza desse ser
que se formou dentro de nós e que, por natureza,
pensamos cuidar para sempre...
Afinal somos mães e amamos esses seres intensamente
como se fossem, literalmente, parte integrante de nosso corpo.
Amor de mãe não tem igual!



 Jaqueline Cristina

Nada Somos

Minha família

O que somos nós?
Dólar, real, euro?
Prata, ouro?
Nada disso!
Somos pó!
De nada adianta dinheiro ou poder diante de uma doença
ou até mesmo de um fato como a morte.

Nosso consolo é saber que o Deus que acreditamos existir,
está conosco em todos os momentos existentes!

Somos seres finitos,
nascemos só e só faleceremos.
Da vida o homem só leva o que plantou abstratamente,
amizade, amor e sua espiritualidade.

Viver a vida da melhor forma atentando para o bem-estar comum dos demais e de si é a bagagem mais propícia para o "além-vida".
Não meçamos esforços para praticar o bem tanto para quem nos rodeia quanto para nós mesmos!
Aceitemos os desígnios da lei natural!
Saibamos viver bem as ilusões de nossa vida, enquanto participamos dela.



Desejo Noturno


Os desejos mais ardentes
são aflorados ao anoitecer.
Ao escurecer somos levados,
instintivamente,
a ansiar por sentimentos de trocas,
trocas de carícias,
de toques,
de um vai e vem constante...
Até jorrar o prazer total de ambas as partes...
o clímax do desejo...
desejo esse que só é realizado completamente
em boa companhia...
companhia essa que transforma uma simples noite
em um delicioso e marcante momento de delírio!
Volúpia!!!


domingo, 18 de março de 2012

Sonhos

Quem nunca sonhou com o futuro?
Quem nunca sonhou com um amor de verdade ou
com bens materiais?
Com certeza todo mundo já.
Na busca incessante pelo bem estar do coração
iludo-me ainda em sonhar com o tal amor de verdade.
Já tentei parar com tal ideia, mas não consigo
o desejo por ter alguém com quem compartilhar
meus momentos, sejam bons ou maus, é maior do que eu.
Sei que ele está em algum lugar do planeta
dentre os bilhões de habitantes, ele existe!
Só não me encontrou ainda.
Entretanto, não vou desfalecer continuarei a sonhar
e ele vai chegar e toda espera terá valido a pena.

Ilusão instinta

Iludiu-me...
Iludiu-me fazendo acreditar que me amaria para sempre.
Cheguei a crer que sim,
pois suas carícias,
seu cuidado,
seu toque
pareciam verdadeiros e sinceros...E foram!
Foram no momento que estivemos juntos,
pois você vivenciou cada instante com instinto
e eu, eu vivi cada um com o coração.
A ilusão foi minha de pensar que seria para sempre
sem lembrar que o "para sempre" acaba.

Sentido enganoso

Pensamento enganoso
vem-me quando sinto um aroma e
lembro-me de você,
sua pele suada esfregando-se em mim,
seu calor intenso provocando meus sentidos,
seus lábios tocando todo o meu corpo e no
vai e vem das reminiscências
viajo em você por uns instantes...
Mas logo percebo-me na realidade sem você,
o que ontem sentia ao seu lado
hoje sinto só em um pensamento,
pensamento esse que chamo enganoso,
pois agora estais em outros braços que não são os meus.
E assim prossigo minha vida, em uma doce
e, por vezes, amarga ilusão.



Doce Ilusão

Doce ilusão
pensar que sempre estaria segura em seus braços
amparada em seu colo...
afagada em seu sentimento...
envolvida por seu calor e
por esse cheiro gostoso de amor que só nós dois exalávamos...

Ledo engano!

Hoje, sozinha, vejo-me
sem a volúpia de sua presença....
                                                                                                 
Todavia não me encontro triste,
suas lembranças ficarão guardadas em um "para sempre" dentro de mim,
no entanto a vida continua...e viver é preciso!



Movimentos femininos


Nós, mulheres,
sob olhares alheios
atentos ao que fazemos,
aos nossos movimentos,
movimentos do cabelo,
do cruzar das pernas,
à análise de um fato,
e até de um piscar de olhos,
vivemos nosso dia-a-dia!

Vestidas para matar
ou simplesmente, com um jeans básico,
saímos de nossas casas
bailando pelas ruas procurando
o alvo de nosso desfile diurno
ou noturno,
seja ele a padaria ou um evento importante.
Para nós o que vale mesmo é sermos admiradas,
desejadas ou, simplesmente,
vistas por quem passa ou por quem está inerte.

Independente da chegada,
o que compensa é o caminho.
É o nosso delicioso jeito de ser Mulher!

Sem percebermos,
agraciamos o ambiente,
a calçada,
a rua e
até mesmo, alguém
abrilhantando o seu dia.

Ser mulher é uma dádiva,
como já dizia Chico Anysio,
"ser mulher é bom"!





Cotidiano

“No cotidiano, às vezes, nem percebemos a vida passar!
Acordamos já pensativos no roteiro do dia e não paramos para refletir no Sol que está lá,
independente do obstáculo das nuvens.
Se for um dia chuvoso, então,
pensamos que o dia está desagradável aos olhos,
sem brilho, deprimente!
E esquecemos que o desenrolar da vida depende de como acordamos,
do modo em que vamos encarar os obstáculos e chegarmos ao final desse dia completos,
realizados por termos vencido com sentimentos agradáveis as ocorrências desse dia,
com a gratidão por estarmos vivos.
Seria muito bom chegarmos ao final de todos os dias dessa forma!”










*Imagens: Google